• olooo

  • Superior Secundário MEG

FOTOS
VÍDEOS
COLUNISTAS / É isso

Endócrino lorenense é usado em imagem manipulada de remédio para emagrecer

22/12/2019

Por José Aurélio Pereira

Gente mal intencionada tem vendido falsos remédios de emagrecimento e usado indevidamente o nome de médicos. O endocrinologista lorenense João Eduardo Nunes Salles, um dos profissionais mais respeitados do Brasil em sua área, teve a identidade associada de maneira criminosa a um medicamento chamado Phyto Power Caps. Ele nunca recomendou o produto.

Salles concedeu entrevista ao programa de televisão Bem Estar, da TV Globo, em 14 de março de 2016. O programa falava dos medicamentos Sibutramina, Orlistat e Liraglutida; este último havia sido aprovado pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), órgão federal regulador, à ocasião.

Desde abril deste ano, no entanto, um vídeo clandestino aproveita a fala original do médico para divulgar o Phyto Power Caps como se o suposto medicamento estivesse sendo indicado por ele. A edição é visível. A tela em que a Sibutramina é mostrada foi substituída por outra em que aparece o Phyto Power Caps.

Coincidentemente, no último dia 15, o programa Fantástico, também da TV Globo, mostrou a apreensão de duas toneladas de medicamento clandestino em Cachoeira Alta, interior de Goiás.

Normalmente, a venda de remédios falsos ocorre pela internet. A reportagem do Fantástico mostrou marcas como Fit Gold extrato de ervas e Moder Diet Gold extrato de ervas. Segundo a matéria, os usuários tiveram palpitação, taquicardia e formigamento. Uma médica ouvida pelo vídeo destaca o perigo de morte ocasionada pelos falsos remédios. O empresário responsável pela produção clandestina de remédios mostrada pelo Fantástico foi preso.

Há medicamentos utilizados para vários fins, inclusive para o combate à obesidade. Emagrecimento, no entanto, não se consegue apenas pela ingestão de remédios, mas por dieta e atividade física.

Todavia, é preciso frisar: qualquer procedimento de saúde necessita ser acompanhado por um médico. É o profissional da medicina que prescreverá a droga adequada. Esta, por sua vez, será adquirida em farmácias físicas e reconhecidamente estabelecidas no mercado.

Não se pode comprar remédio como quem compra roupa. A saúde do cidadão não depende apenas de bons serviços, mas também passa pela conscientização individual. É preciso saber agir para viver bem. É isso.

Vídeo real: https://globoplay.globo.com/v/4882032/

Vídeo fake: https://www.facebook.com/1664146377014993/posts/2591070430989245/?sfnsn=scwspwa&extid=HuaIQwKN7AmFMHE4&d=w&vh=e

COLUNISTAS / Jose Aurelio

José Aurélio Pereira é jornalista, professor universitário e mestre em Comunicação. Atua em Lorena como empresário, no setor da Educação.


aurelio@wizardlorena.com.br

MAIS LIDAS