• Superior Secundário MEG

FOTOS
VÍDEOS
COLUNISTAS / Amor que cura

O amor pode dar certo!

13/07/2017

A relação de casal é uma das experiências mais ricas e plenas que podemos nos proporcionar. Quanta riqueza há no dia a dia de uma relação a dois! Muitas vezes nos queixamos ou ouvimos queixas a respeito do parceiro, como comportamentos e costumes estranhos aos seus, da sogra e/ou de outros membros da família do outro, e por aí vai…

Quando nos prendemos a estas queixas, não conseguimos mais olhar o companheiro que escolhemos para a vida nos olhos e assim nos perdemos naquilo que é essencial: nós somos humanos, portanto, falíveis! Nas queixas esquecemos que um casal não faz tudo igual, isso é impossível, mesmo porque o outro vem de uma família diferente da minha e lá há valores e costumes diferentes dos meus e que também são certos! A cobrança de “ter que” fazer tudo igual empobrece a relação, pois é justamente naquilo em que somos diferentes é que podemos acrescentar algo, com respeito; eis a riqueza da relação!

Uma relação próspera se constrói a dois, no equilíbrio entre o dar e o receber. Só há equilíbrio em uma relação que respeita o outro do jeito que ele é e se é respeitado(a) da mesma forma, nas diferenças. A perfeição é uma exigência desumana. Príncipes e princesas não existem na vida real. É na renúncia de uma ilusão que o amor dá certo. Concordar com aquilo que é diferente no outro a serviço da plenitude de um amor, de uma nova família a construir ou já construída, de uma vida a dois juntos, com respeito e admiração, esse é o amor verdadeiro.

O amor à primeira vista existe, é aquele que nos leva ao altar. Mas o amor à segunda vista, aquele que vivemos no dia a dia e nos proporciona descobertas a médio e longo prazo, é o que conta, enfim, pra vida. É na lida com esse amor que crescemos e nos fortalecemos diariamente. Nesta etapa é preciso fazer o necessário: continuar se alegrando com o outro do jeito que ele é de verdade, imperfeito, comum, humano. E é a partir desse amor maduro que o casal olha junto para algo maior, partindo do que há de melhor em cada um.

COLUNISTAS / Christiane Fonseca

Christiane Reis Rodrigues Fonseca é psicóloga há mais de 20 anos, estudiosa do desenvolvimento humano e seus relacionamentos, mediação de conflitos e controle emocional. Apaixonada pela filosofia sistêmica nos moldes de seu criador, Bert Hellinger. Facilitadora das Constelações Familiares e Organizacionais. Educação Sistêmica. Terapeuta Sistêmica em Florais de Bach. Especialista em Atendimento Terapêutico individual, casal e familiar no modo online.
Instagram: @christianefonseca.constelar


christianefonseca17@gmail.com

MAIS LIDAS