• Superior Secundário MEG

  • olooo

FOTOS
VÍDEOS
COLUNISTAS / Falando sério

Atenção: está de volta – e em novas versões – o golpe “Boa noite Cinderela”

02/06/2015


Tomar uma cerveja, um café, um refrigerante ou até mesmo um simples copo de água fora de casa pode ser fatal se não nos prevenirmos. Criminosos têm utilizado novas maneiras de aplicar o golpe “Boa noite Cinderela”.

Mas por que “Boa noite Cinderela”?

“Boa noite Cinderela” é um coquetel de drogas, dentre as quais Lorax, Rohypnol, Lexotam, GHB (ácido gama-hidroxibutírico) e Ketamina (Special K), entre outras. Elas são encontradas normalmente na forma de comprimidos ou líquidos. Não existe uma fórmula pronta e essas substâncias são encontradas facilmente nas farmácias.

Essas drogas agem no sistema nervoso central e uma simples dose em separado de qualquer uma delas já seria suficiente para “dopar” uma pessoa. Agora, imagine o estrago quando ingeridas todas em uma única dose?!
 
Ao ingerir a bebida contendo uma ou mais destas substâncias, a pessoa passa a ficar dopada e começa a sentir sonolência, a voz fica “mole” e as palavras saem enroladas. A sensação é de estar meio grogue. Esses são os sintomas sentidos por pessoas que já sofreram esse golpe.  É possível sentir efeitos semelhantes à ingestão de álcool, como euforia e maior sociabilidade. Por isso, essas drogas são utilizadas também por jovens em raves e casas noturnas, comercializadas como ecstasy líquido.

Pelos efeitos apresentados por essas substâncias, criminosos aproveitam para utilizá-las a fim de aplicarem assaltos, ou até mesmo abusar sexualmente das vítimas, sendo também chamados de “rape drugs” (drogas de estupro).

 

A pessoa vai perdendo a consciência, o discernimento e passa a se sujeitar a ordens de estranhos. Logo no começo do efeito, a vítima pode até fornecer informações pessoais aos criminosos e, em alguns casos, dependendo da dose ingerida, a pessoa pode entrar em sono profundo por até 24 horas. Portanto, tome cuidado ao ingerir bebidas fornecidas por estranhos ou com estranhos! O prejuízo pode ser muito maior do que financeiro. Pode-se perder o bem maior: a vida. 

E pior: muitos desses casos deixam de ser registrados em delegacias por constrangimento das vítimas, pois não se lembram do que realmente aconteceu no momento dos fatos. E devido o método empregado, torna-se muito difícil a ação dos agentes policiais. Sendo assim, o melhor é a prevenção e o cuidado das pessoas ao ingerir bebidas fora de casa, uma vez que uma simples ida ao banheiro e o abandono do copo na mesa ou no balcão, pode resultar em mais uma vítima.

 
Produtos têm sido desenvolvidos para evitar o golpe, como o batom 2LoveMy. Ele foi criado na Inglaterra, onde os crimes do tipo são um grande problema – nos últimos dois anos, 1.200 mulheres foram roubadas e/ou estupradas depois de tomarem bebidas que haviam sido adulteradas com algum sonífero. O batom vem com uma fitinha que deve ser molhada no drinque: se ela ficar azul, é porque a bebida contém GHB ou ketamina (substâncias mais usadas nesse tipo de golpe). O produto vai custar o equivalente a R$ 30. (javascript:nicTemp();)

Outro produto que poderá detectar o golpe “Boa noite Cinderela” é o esmalte chamado de ‘Undercover Colors’. O produto seria capaz de mudar de cor quando em contato com Rohypnol, Xanax e GHB, substâncias que costumam ser usadas para dopar meninas antes de roubá-las ou ter relações sexuais não consensuais com elas. (javascript:nicTemp();)

 
A verdade é que, em um simples descuido, é possível alguém lançar algum produto dentro do seu copo ou lata… e assim, você acabar sendo mais uma vitima do Golpe “Boa noite Cinderela”.

Abaixo, link de notícias recentes do golpe:

javascript:nicTemp();
javascript:nicTemp();

COLUNISTAS / João Barbosa

Lorenense, formado em Engenharia Química em 1995, pela então Faenquil, hoje EEL-USP (Escola de Engenharia de Lorena, da Universidade de São Paulo), é casado com Joice e possui dois filhos, João Vítor e Gabriel. Desde sua formação, atuou em grandes empresas do ramo alimentício; dentre elas, a Pullman Alimentos (Pão Pullman, como é conhecida), hoje Bimbo do Brasil.

Há alguns anos, buscou a realização de um sonho antigo e transformou-se em Investigador de Polícia da Polícia Civil do Estado de São Paulo. Atualmente, atua na Divisão de Homicídios do  DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa) da cidade de São Paulo-SP.

E como aceitar desafios e ajudar ao próximo é sempre seu objetivo, com ele estaremos “Falando sério”.

“O sucesso nasce do querer. Sempre que o homem aplicar a determinação e a persistência para um objetivo, ele vencerá os obstáculos, e se não atingir o alvo, pelo menos se orgulhará de ter tentado”. (José de Alencar)


barbosajjs@globo.com

MAIS LIDAS